terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Decifrando Pensamentos

O post de hoje é inspirado em umas coisas do Crepúsculo da Stephenie Meyer, sendo assim, se não leu o livro ou não viu o filme não é muito aconselhável ler esse post.

Vou escrever sobre isso, pois a trilha sonora do filme está no meu MP3 e nela temos duas músicas do Paramore que é uma banda que adoro, uma das músicas se chama Decode e nela tem um verso que representa bem um fato do filme, o verso é:

“My thoughts you can't decode”

Algo como:

“Meus pensamentos você não consegue decifrar”

Vamos explicar, como todos, mesmo não lendo ou assistindo o filme, devem saber que na história há um vampiro, Edward, mas nessa história há alguns vampiros que além de suas habilidades clássicas eles também tem algumas especiais.
Nesse caso o Edward consegue ler pensamentos, mas mesmo tendo essa habilidade ele não consegue ler os pensamentos da sua amada, Bella.

Entramos na idéia, eu sei, seres humanos não consegue ler pensamentos, mas alguns conseguem ler os trejeitos das pessoas e assim decifram o q elas estão pensando.
Mas cedo ou tarde nos deparamos com uma Bella da vida e ai entre a confusão.

As pessoas que conseguem ler trejeitos acabam usando isso como um escudo, ou melhor, uma previsão de atos em uma conversa, ou até mesmo para saber como agir em um contexto todo, o problema é quando os tais leitores de mente encontram a sua Bella e tem que agir com ela.

Se deparar com ela vai ser maravilhoso, mas toda a “segurança” irá acabar e as quase respostas que se têm quando se consegue decifrar os pensamentos de alguém vão por água abaixo e ai entra o mix de sensações que Edward tem, a sensação de ter encontrado alguém diferente, a sensação de estar perdido e isso frustrar, mas é uma frustração que te fascina, encanta... mas que faz perde todo a força da gravidade quando você acha que mais precisa dela, esse é o momento que entram todas as perguntas e dúvidas que se resumem a uma simples questão que é:

O que faço agora?

Um comentário:

joyce domingos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.