sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Mistério

Os dias têm passado e eu tenho tentado entender como você me capturou, se foi naquele momento em que olhei pra ti, no momento em que nossos olhares se cruzaram ou simplesmente no momento que você me olhou e eu não vi.

A vida é realmente engraçada, eu sei disso, não precisa me explicar, mas digamos que sempre estamos buscando a explicação mesmo quando não há explicação ou quando não se deveria querer explicação, pois tudo tem seu tempo e ele, o tempo, mesmo sendo um “monstro” sabe o que faz, ou pelo menos fingi muito bem que sabe o que faz.

Explicar todo esse mistério criado em seu ser parece impossível no momento, e sendo sincero, não me importo, até porque ninguém sabe ao certo como o mundo foi criado, então porque me preocupar em como você me capturou e com todo mistério contido em seu ser.

Mesmo sem saber por onde estou navegando e o que me espera no fim, ou melhor, no inicio, eu vou adiante, cantando e tocando as músicas que me aparecem e me perdendo cada vez mais nesse mistério que está me cercando e me envolvendo...

19 de setembro de 2008

Um comentário:

joyce domingos disse...

que lindo......

acho sensacional quem consegue se expressar em palavras de forma tão bela!!

bjusssss